voltar

Dicas para se inspirar nas tendências de molduras.

Se as molduras valorizam um quadro e complementam a decoração, que tal fazer desse ambiente um lugar cheio de personalidade, seguindo as tendências com pura arte em madeira? Neste post, você vai encontrar algumas inspirações para transformar ambientes de forma aconchegante, sempre com a intenção de enaltecer através das molduras, gravuras, telas, porta retrato, pôster, espelhos e quadros.
 
Segundo a arquiteta Alessandra Braggion, do escritório Alessandra Braggion Arquitetura & Interiores, a moldura é um elemento que complementa e valoriza um quadro. “Em meus projetos, sempre busco combiná-las com a imagem que está sendo emoldurada, trazendo um pouco dos tons e materiais presentes na imagem para a moldura”.
 
 
A tendência da criatividade
 
 
Em 2017 e 2018, a decoração com molduras segue a tendência Gallery Wall, que pode ser traduzida como a liberdade de criar o ambiente personalizado, de forma criativa, fora do padrão para organizar os quadros, pôsters, gravuras e fotos na parede escolhida. “Fazendo referência à tendência da Gallery Wall, podemos considerar que molduras retas e minimalistas estão sendo bastante usadas, para harmonizar melhor com a grande quantidade de elementos da proposta”, diz Alessandra.



Ambiente assinado pela arquiteta Alessandra Braggion.

Dúvida cruel
 
Qual moldura escolher? Qual é a melhor composição para o meu ambiente? Se você não abre mão da sua personalidade, mas aposta nas tendências, a dica é arriscar sem medo de errar. Para a arquiteta Alessandra Braggion, a escolha de molduras é bem particular e vai do gosto de cada um. “Eu, por exemplo, gosto bastante de misturar elementos para emoldurar um quadro. Invisto em molduras retas, mais contemporâneas, combinadas com filetes um pouco mais rebuscados remetendo ao estilo clássico e passe-partout em tecido, o que dá um toque de sofisticação”.


Ambiente assinado pela arquiteta Alessandra Braggion.

A escolha da moldura depende muito da imagem que será emoldurada. O primeiro cuidado que se deve ter é o de escolher a moldura certa para combinar com o tema e os tons do quadro. “Só depois, pensamos na combinação desse conjunto no ambiente. Afinal, tendo a combinação ideal entre moldura e imagem, temos a liberdade de adequá-lo em diversos locais”, traduz Alessandra.
 
 
Combinação na certa!
 
A moldura deve combinar com a linguagem da tela, já que devem se complementar. Outra dica da Alessandra, é que ao usar uma mesma imagem fragmentada em duas telas, você opte por molduras iguais e de linhas retas. E por fim, tendo a tendência da Gallery Wall como referência, em uma grande composição de gravuras, pinturas, fotos, objetos. É preciso ficar atento para a harmonização do conjunto, tomando cuidado para que nenhuma moldura ganhe destaque em relação à outra.


Ambiente assinado pela arquiteta Alessandra Braggion.

O resultado é um ambiente cheio de estilo, com quadros emoldurados sem deixar de lado a sua personalidade. Você irá se surpreender como as molduras fazem diferença na decoração!